O locutor esportivo Jacir de Oliveira, uma das vozes mais marcantes do futebol paranaense e funcionário da Rádio Transamérica, morreu nesta terça-feira (6), aos 48 anos, vítima da Covid-19. O comunicador estava internado desde o dia 4 de junho na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Universitário Evangélico Mackenzie, em Curitiba.

O locutor Jacir de Oliveira havia testado positivo para Covid-19 no dia 31 de maio. No dia dois de junho, começou a apresentar sintomas mais fortes e foi internado no hospital. No dia 4, o quadro do profissional da voz piorou e ele precisou ser intubado. A partir desse dia, seu estado de saúde não apresentou melhora e ele não resistiu.

Jacir de Oliveira fazia rádio escuta na CBN e na Banda B, antes de ser narrador esportivo em 1997. Em 1999, ele foi contratado em definitivo pela emissora do deputado estadual Luiz Carlos Martins. No final daquele ano, começou a dar os primeiros passos no plantão esportivo e, a partir de 2000, se tornou narrador nada equipe de esportes, onde ficou até 2005. A partir daí, o seu bordão “Tá Lá”, que marcou os times do Paraná, começava se destacar no rádio.

Ouça os gols do Paraná Clube nos amistosos internacionais, narrados por Jacir de Oliveira.