Foto: Reprodução/Redes Sociais

Segundo informações do delegado Fábio Machado em entrevista à Rádio Banda B de Curitiba,  a empresária Cristiane Lúcia Duarte Zen, de 49 anos, morta a tiros após uma suposta tentativa de assalto no final da tarde da última sexta-feira (16), em frente a uma loja de produtos agropecuários, na BR-376, no município de São José dos Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba, teria sido vítima de latrocínio (roubo seguido de morte). Os suspeitos conseguiram fugir do local, mas o crime foi registrado por câmeras de segurança.

“Ao que tudo indicam a mulher se assustou abordagem dos criminosos e por isso eles atiraram contra a vítima. Eles queriam subtrair o veículo da vítima”, explicou o delegado à Rádio Banda B.

O inquérito policial foi instaurado na delegacia de São José dos Pinhais que investiga o crime. A empresária foi atingida na cabeça e não resistiu, morrendo no local. 

“Foi acionado o Siate e o Resgate Voluntário deslocou em apoio. Na chegada, nos deparamos com uma senhora no interior de uma caminhonete, já em parada cardiorrespiratória. Foi localizado um ferimento de arma de fogo no crânio da vítima, na região próxima da nuca”, disse o socorrista Marcelo Pereira, do Resgate Voluntário Parceiros da Vida, em entrevista à emissora.

Pouco antes do crime acontecer, a empresária Cristiane Lúcia Duarte Zen postou um vídeo em suas redes sociais, falando sobre a importância de aproveitar os momentos especiais que a vida oferece.