Festas com aglomerações de pessoas foram localizadas pela Ação Integrada de Fiscalização Urbana (AIFU) durante a operação em Curitiba entre a noite de sábado (28) e a madrugada de domingo (29). Cerca de 1.500 pessoas foi dispersada em vários pontos da cidade. Seis estabelecimentos comerciais foram fechados e 18 autuações administrativas lavradas pelos agentes municipais que acompanharam a operação.

A ação faz parte das medidas de prevenção contra a disseminação da Covid-19 e obedecem a decretos estadual e municipal. A fiscalização ocorreu nos bairros São Francisco, Rebouças, Boa Vista, Alto da XV, Alto Boqueirão, Xaxim, Guaíra, Água Verde, Lindóia, Santa Felicidade, Batel, Ganchinho e São Braz. Os policiais militares atuaram em conjunto com os guardas municipais, bombeiros, e os agentes das secretarias municipais do Urbanismo, Meio Ambiente, Defesa Social e Trânsito.

AGLOMERAÇÕES - As dispersões das aglomerações ocorreram em pontos comerciais e áreas públicas, como o Largo da Ordem. Neste último, as ações foram no cruzamento da Rua Carlos de Carvalho com Alameda Prudente de Morais, onde havia aproximadamente 600 pessoas.

Ainda na área central, no bairro São Francisco, havia cerca de 400 pessoas em um bar. Os agentes municipais aplicaram multa por não cumprimento do distanciamento social e por exercício de atividade de casa noturna. Os bombeiros também verificaram que o estabelecimento estava com a saída de emergência obstruída, por isso o ponto foi fechado.  

Já em Santa Felicidade, as equipes de fiscalização encontraram 300 pessoas em um bar, que foi fechado por não cumprir o distanciamento social. No bairro Umbará, cerca de 400 pessoas foi dispersada. O estabelecimento foi fechado e autuado pelos órgãos municipais. Ao todo, os agentes do município que compuseram os trabalhos da AIFU aplicaram R$ 357 mil em multas aos responsáveis de estabelecimentos abordados.

Informações da Agência Estadual de Notícias

Foto:SESP